quinta-feira, fevereiro 07, 2013

A polêmica de Pi

Um jovem foge da Alemanha nazista para o Brasil em um navio, que naufraga. O rapaz se salva em um bote com um jaguar, que também estava na embarcação.
Agora, troque a Alemanha pela Índia, o Brasil por Canadá e o jaguar por tigre de Bengala. Essas são as diferenças estruturais entre os livros "Max e os Felinos" (1981), do gaúcho Moacyr Scliar (1937-2011), e "As Aventuras de Pi"(R$ 34,90, 424 págs., Nova Fronteira), do canadense Yann Martel.
Uma tradução da obra de Martel chega ao Brasil em meio a acusações de plágio, ressaltadas pela proximidade do Oscar. Isso porque "A Vida de Pi", filme de Ang Lee inspirado no livro do canadense, é um dos favoritos na cerimônia de 24 de fevereiro. Leia mais

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.