quinta-feira, março 31, 2011

Morremos na lama



Essa é minha rua, de outro ponto de vista. O asfalto chegou até a beira dela, mas não continuou porque a época de eleição (em 2006) tinha acabado. Morremos na praia... ou melhor, na lama. E a minha rua virou atração turística do Capitão Feio, do Morto do Pântano e do Homem-Coisa. E, dizem, vem mais gente por aí.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.