quinta-feira, julho 11, 2013

Grupo colombiano traz à Macapá espetáculo premiado pela Funarte “Odissi, no Caminho das Águas”

O Grupo Locômbia Teatro de Andanzas apresenta em Macapá o Recital de Dança Clássica Indiana “Odissi, no Caminho das Águas”, Prêmio Funarte Petrobras de Dança Klaus Vianna 2012. O espetáculo ocorre na sexta-feira, 12, no Teatro Porão do Sesc Araxá, às 20h, com entrada gratuita. No sábado, 13, acontece a oficina de Dança Clássica Indiana, no valor de R$ 10,00, na sala de dança do Sesi. Em Macapá, a produção é de Graham Cia. de Dança.

O espetáculo será apresentado por quatro cidades da Região Norte do país: Manaus, Santarém, Belém e Macapá, no período de 8 a 22 de Julho. O projeto visa articular uma rede de intercambio entre povos das cidades ribeirinhas amazônicas, através da linguagem universal da dança. No ano 1995 os integrantes se estabeleceram na Índia em busca de novas fontes nas Artes Cênicas. Aprenderam a dança e a música na prestigiosa escola Orissa Dance Academy, localizada em Bhubaneswar, Orissa.

O Recital Indiano

A Dança Odissi é originária da região de Orissa, situada ao nordeste da Índia. Faz parte do Culto ao Deus negro Jagannath, sendo uma representação de Vishnu, Deus que preserva. As bailarinas do Templo, chamadas de "Maharis" ou "Devadasis", eram jovens que consagravam suas vidas ao Deus e ao rito cerimonial, sendo treinadas pelo Guru ou Mestre do templo na tradição sagrada de contar histórias da Mitologia Hindu através da expressão corporal e um rico vocabulário de gestos.

Odissi tem um caráter espiritual e estético, relembrando a simbologia da Yoga e a Meditação em que se busca a união entre a mente e o corpo para liberar o espírito. A característica principal da dança é o Tribangui, correspondente a três dobras do corpo (na cabeça, no tronco e nos joelhos), formando sempre um triângulo com o corpo do bailarino, relembrando a linha sinuosa da estatuária em pedra dos templos hinduístas. Combina-se a expressão dramática com uma refinada e sensual estilização de movimentos corporais suaves e fortes, busca despertar emoções no espectador.

A Música e a Dança estão intimamente ligadas de tal maneira que a percussão feita pelo Mardala (tambor melódico próprio da dança) acompanha cada um dos movimentos da Dançarina, marcando o ritmo. Na apresentação, o grupo faz um ritual de oferecimento, conservando as tradições da região de Orissa. São mostradas cinco danças do repertório clássico, algumas delas executadas com música gravada original e outras acompanhadas do tambor ao vivo.

SERVIÇO

Recital de Dança Clássica Indiana - intimista e encantador

Dia: 12 de julho de 2013
Local: Teatro Porão do SESC
Horário: 20h
Entrada Franca
Produção: Graham Cia de Dança
Contatos: 9129-4090/ 8121-5253

Oficina de Dança Clássica Indiana

Dia: 13 de julho de 2013
Local: Sala de Dança do SESI
Horário: 09h às 13h
Investimento: R$ 10,00
Duração: 04 horas.
Público: homens e mulheres com alguma experiência em trabalho físico.



Assessoria de Imprensa – Rita Torrinha


Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.