sexta-feira, agosto 30, 2013

Lançamento em Natal do livro Grafipar - a editora que saiu do eixo

Dia 06 de setembro, às 19:00 horas, na Livraria Nobel Salgado Filho, em Natal, vai acontecer o lançamento do livro  Grafipar - a editora que saiu do eixo, com a presença do autor, Gian Danton. 

Grafipar - a editora que saiu do eixo foi um dos finalistas do Troféu HQ Mix 2013, na categoria Melhor Livro Teórico sobre Quadrinhos.


SOBRE O LIVRO

A obra, escrita por Gian Danton, é resultado de mais de 20 anos de pesquisas e conta a história dessa editora e de seu líder, o descendente de japoneses e ativista cultural da colônia nipônica Cláudio Seto, também introdutor da linguagem do mangá no Brasil.
Na década de 1970, quando o assunto sexo ainda era tabu, surgiu no Paraná uma editora especializada em erotismo, a Grafipar, que logo se destacou com seus quadrinhos nacionais, sempre misturando erotismo com gêneros como terror, ficção científica, folclore e policial.
Em pouco tempo, a editora transformou Curitiba em um ponto de referência para os quadrinhos nacionais, para onde convergiram importantes desenhistas e roteiristas, como Mozart Couto, Rodval Mathias, Watson Portela, Gustavo Machado, Vilachã, Sebastião Seabra, Fernando Bonini, Itamar Gonçalves e Franco de Rosa, dentre outros.
O livro analisa as revistas da Grafipar, suas histórias e, ainda, trata dos bastidores da “vila de quadrinhistas”, que existiu em Curitiba no início dos anos 1980.
Grafipar – A editora que saiu do eixo (formato 16 x 23 cm, 168 páginas, R$ 35,00), Editora Kalaco.

SOBRE O AUTOR
Gian Danton, pseudônimo de Ivan Carlo Andrade de Oliveira, é escritor e roteirista amapaense de histórias em quadrinhos, além de professor da Universidade Federal do Amapá.
Começou a escrever quadrinhos com a história Floresta Negra, desenhada por Bené Nascimento (Joe Bennett), e publicada na revista Calafrio (editora D-Arte). Publicou em diversas editoras, como ICEA, Nova Sampa, Metal Pesado e pela estadunidense Fantagraphics Books.
Em 1991, ganhou o prêmio Araxá como melhor roteirista. Seu trabalho mais conhecido na área de quadrinhos foi a graphic novel Manticore, que contava a história do chupa-cabra com clara influência do seriado Arquivo X e dos escritores estadunidenses de ficção científica.Essa revista ganhou os prêmios Angelo Agostini, HQ Mix e Associação Brasileira de Arte Fantástica.
Em 2010, seu conto "Casamento" venceu o I Concurso de Crônicas e Contos, organizado pela Editora Geração. No mesmo ano, ao lado do quadrinista cearense JJ Marreiro, Gian criou uma história do Astronauta para o álbum MSP+50, livro em homenagem aos 50 anos de carreira de Mauricio de Sousa.
É autor de diversos livros técnicos nas áreas de comunicação e metodologia científica, e das novelas O Anjo da Morte e Spaceballs (editora Hiperespaço) e do livro infantil Os Gatos (Editora Módulo). Tem também se dedicado ao estudo das histórias em quadrinhos, com os livrosWatchmen e a teoria do caos (Marca de Fantasia), Ciência e quadrinhos (Marca de Fantasia),  O Roteiro nas Histórias em Quadrinhos (Marca de Fantasia), e Roteiro para quadrinhos(Popmídia).
Participou das antologias Rumo à fantasia (Devir), Espectra (Literata), Fantasiando (Regência),PsyVamp (Infinitum), entre outras. É autor da série juvenil Mundo Monstro (Infinitum), e da webcomic  Exploradores do Desconhecido (em parceria com o desenhista Jean Okada). Mantém o blog Ideias de Jeca-tatu: ivancarlo.blogspot.com.

SERVIÇO

Lançamento do livro Grafipar - a editora que saiu do eixo
Quando: dia 06 de setembro
Onde: Livraria Nobel Salgado Filho (Av. Salgado Filho, 1782 - Tirol - Fone: 3613-2007)
Horário: 19:00 horas
Dia 06 de setembro, às 19:00 horas, na Livraria Nobel Salgado Filho, em Natal, vai acontecer o lançamento do livro  Grafipar - a editora que saiu do eixo, com a presença do autor, Gian Danton. 

Grafipar - a editora que saiu do eixo foi um dos finalistas do Troféu HQ Mix 2013, na categoria Melhor Livro Teórico sobre Quadrinhos.


SOBRE O LIVRO

A obra, escrita por Gian Danton, é resultado de mais de 20 anos de pesquisas e conta a história dessa editora e de seu líder, o descendente de japoneses e ativista cultural da colônia nipônica Cláudio Seto, também introdutor da linguagem do mangá no Brasil.
Na década de 1970, quando o assunto sexo ainda era tabu, surgiu no Paraná uma editora especializada em erotismo, a Grafipar, que logo se destacou com seus quadrinhos nacionais, sempre misturando erotismo com gêneros como terror, ficção científica, folclore e policial.
Em pouco tempo, a editora transformou Curitiba em um ponto de referência para os quadrinhos nacionais, para onde convergiram importantes desenhistas e roteiristas, como Mozart Couto, Rodval Mathias, Watson Portela, Gustavo Machado, Vilachã, Sebastião Seabra, Fernando Bonini, Itamar Gonçalves e Franco de Rosa, dentre outros.
O livro analisa as revistas da Grafipar, suas histórias e, ainda, trata dos bastidores da “vila de quadrinhistas”, que existiu em Curitiba no início dos anos 1980.
Grafipar – A editora que saiu do eixo (formato 16 x 23 cm, 168 páginas, R$ 35,00), Editora Kalaco.

SOBRE O AUTOR
Gian Danton, pseudônimo de Ivan Carlo Andrade de Oliveira, é escritor e roteirista amapaense de histórias em quadrinhos, além de professor da Universidade Federal do Amapá.
Começou a escrever quadrinhos com a história Floresta Negra, desenhada por Bené Nascimento (Joe Bennett), e publicada na revista Calafrio (editora D-Arte). Publicou em diversas editoras, como ICEA, Nova Sampa, Metal Pesado e pela estadunidense Fantagraphics Books.
Em 1991, ganhou o prêmio Araxá como melhor roteirista. Seu trabalho mais conhecido na área de quadrinhos foi a graphic novel Manticore, que contava a história do chupa-cabra com clara influência do seriado Arquivo X e dos escritores estadunidenses de ficção científica.Essa revista ganhou os prêmios Angelo Agostini, HQ Mix e Associação Brasileira de Arte Fantástica.
Em 2010, seu conto "Casamento" venceu o I Concurso de Crônicas e Contos, organizado pela Editora Geração. No mesmo ano, ao lado do quadrinista cearense JJ Marreiro, Gian criou uma história do Astronauta para o álbum MSP+50, livro em homenagem aos 50 anos de carreira de Mauricio de Sousa.
É autor de diversos livros técnicos nas áreas de comunicação e metodologia científica, e das novelas O Anjo da Morte e Spaceballs (editora Hiperespaço) e do livro infantil Os Gatos (Editora Módulo). Tem também se dedicado ao estudo das histórias em quadrinhos, com os livrosWatchmen e a teoria do caos (Marca de Fantasia), Ciência e quadrinhos (Marca de Fantasia),  O Roteiro nas Histórias em Quadrinhos (Marca de Fantasia), e Roteiro para quadrinhos(Popmídia).
Participou das antologias Rumo à fantasia (Devir), Espectra (Literata), Fantasiando (Regência),PsyVamp (Infinitum), entre outras. É autor da série juvenil Mundo Monstro (Infinitum), e da webcomic  Exploradores do Desconhecido (em parceria com o desenhista Jean Okada). Mantém o blog Ideias de Jeca-tatu: ivancarlo.blogspot.com.

SERVIÇO

Lançamento do livro Grafipar - a editora que saiu do eixo
Quando: dia 06 de setembro
Onde: Livraria Nobel Salgado Filho (Av. Salgado Filho, 1782 - Tirol - Fone: 3613-2007)
Horário: 19:00 horas

Sem comentários:

Enviar um comentário