domingo, novembro 29, 2015

Leituras do FIQ


Capa Comics é uma revista mix da baixada fluminense que mistura super-heróis, humor e quadrinizações de letras de músicas. Houve uma época em que quem fazia super-heróis brasileiros o fazia imitando descaradamente os heróis americanos, sua ambientação, seus nomes e motivos. Ainda há muitos desses por aí, mas esse decididamente não é o caso do Capa Comics. Os autores usam sua realidade para desenvolver histórias muito simpáticas, de apelo universal, como da nerd que é excluída por seu jeito estranho. 
Há uma variedade grande de autores fazendo um ótimo trabalho, mas vale destacar aqui João Carpalhau, que assina a maioria dos textos com uma fluência realmente agradável de ler, indo do drama ao humor com muita facildiade. 
Vale a pena conhecer e curtir a página do grupo:https://www.facebook.com/CapaComics/?fref=ts

Ultra Mix, como o próprio nome dá a entender, é revista mix de super-heróis de autorias de vários autores, entre eles Antonio Carlos Lemos e Marcelo Salaza.Essa edição em específico traz histórias do Homem-pantera, Imperatriz e Transmutor. 
Alguns colaboradores do gibi trabalham para o mercado americano, o que faz com que a qualidade do trabalho seja profissional. O roteiro também não deixa a desejar, com um texto competente. 
O problema aqui é o tamanho do texto. Como é formatinho, em alguns momentos é difícil ler os balões, especialmente para quem é cegueta como eu. Outra questão é que, como as histórias seguem uma cronologia, o leitor que pegar esse número em específico pode se sentir um pouco perdido - para diminuir esse problema foi colocado um texto antes de cada história, que ajuda a contextualizar.

Mistiras, como o próprio nome sugere, é um livro de tiras que mistura os mais diversos assuntos, em especial da cultura nerd. Escrito por Ary Santa Cruz Netto com arte de Luciano Félix é um projeto que começou como webcomix, tornou-se uma página (https://www.facebook.com/mistiras/?fref=ts) e agora publicação impressa. 
Trabalho de gente grande, que domina bem a arte dos quadrinhos e das tiras. O desenho de Luciano é perfeito para o tema, com uma pegada boa para temas nerds (perfeita a sequência que brinca com a beleza da Viúva Negra no filme dos Vingadores) e Ary conhece bem esse universo. 
Além de piadas com filmes, quadrinhos e jogos, o livro traz também piadas internas, sobre o cotidiano dos autores (o que, a propósito, continua refletindo os mesmos temas).

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.