segunda-feira, março 07, 2011

A origem

Assisti A origem, o badalado filme de Chris Nolan, diretor do Batman. De fato, é um filme que vai entrar para a história. Não só pelos ótimos efeitos especiais, mas também pelo roteiro super complexo.
O filme trata de um ladrão de sonhos, que entra no sonhos das pessoas para descobrir segredos. Mas ele se vê diante de um trabalho aparentemente impossível: injetar uma ideia na cabeça de um empresário. Para isso, ele arma uma trama que se passa em vários níveis do sonho: do mais leve, em que o tempo é mais ou menos parecido com o nosso, até os mais profundos, em que uma hora de nosso tempo pode ser equivalente a anos. E, conforme os personagens vão descendo de nível, sempre fica alguém no nível superior, até termos pelo menos quatro níveis de narrativa. E detalhe: cada uma com um  tempo diferente. Uma aula de roteiro! Só um roteirista extramente competente conseguiria manusear uma narrativa tão complexa. Como o roteiro também é do Nolan, ponto para ele.
Se você ainda não assistiu A origem, assista: ótimas atuações, um roteiro complexo, fenomenal, uma direção competente (ótima a cena da arquiteta criando o mundo onírico) e um final, bem... melhor nem falar do final que nos deixa pensando sobre o que é ou não realidade.

Sem comentários:

Enviar um comentário