quarta-feira, abril 13, 2011

Circo de horrores



Essa charge do Maurício Ricardo mostra bem uma questão que temos discutido: a mídia não leva um maluco a sair atirando em pessoas, mas a possibilidade de ficar famoso sim. A maioria desses malucos faria qualquer coisa para ficar famoso, mesmo que no final terminasse morto ou preso. O mesmo ocorre com os trolls, que miram sua arma virtual contra dezenas, às vezes centenas de pessoas apenas pelo prazer de vê-las sofrer e pela fama de terem feito aquilo. Assim, a melhor punição para esses indivíduos é privá-los de seu maior pagamento: a fama.
Ao invés de fazer matérias e mais matérias sobre o assassino, melhor focar nas vítimas e no policial que conseguiu para o massacre.
Por mim, a imprensa não dizia nem mesmo o nome do assassino. Basta chamá-lo de Louco.

2 comentários:

  1. Louco pra você, mas pra ele não.
    Aliás, como disse Charles Mason:
    "Nenhum sentido faz sentido."

    Assassinos existirão em qualquer parte. Independente da fama.

    ResponderEliminar

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.