quinta-feira, abril 19, 2012

História em quadrinhos é leitura?

Sam e seu painel explicando porque quadrinhos também são leitura
Por Érico Assis
Há alguns dias, o site The Graphics Classroom circulou a notícia de que Sam, um estudante de terceira série no Alaska, havia ganhado o primeiro lugar na Feira de Ciências Estadual com um projeto sobre quadrinhos.

Sam fez seu projeto de ciências baseado numa discussão com a professora. Ele e os colegas têm que comprovar leitura diária — um registro de páginas ou horas que dedicou à leitura, com o título da obra, assinado pelos pais. Mas a professora não aceitou Bone, uma HQ infanto-juvenil, como leitura.

Com toda a determinação de seus nove anos, Sam procurou uma forma de retrucar. Encontrou o Graphics Classroom, que orienta professores sobre como utilizar quadrinhos em sala de aula, entrevistou o responsável via Skype e montou uma cartolina que explica por que HQ é leitura, por que ajuda em seu desenvolvimento intelectual e por que ele deveria ter prerrogativa de escolher uma leitura que gosta, ao invés do que a professora determina. Usou gráficos, citações bibliográficas, depoimentos — em linguagem de quadrinhos. Leia mais

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.