quarta-feira, setembro 16, 2015

A aliança PMDB-PSDB

Aécio agora vota com Eduardo Cunha. Cunha é poupados dos protestos. O MBL, que organiza os protestos surge como nova força política e já anuncia candidatos para o próximo ano. No Roda-viva, José Serrra declara que era impossível governar o Brasil sem o PMDB. 
Nitidamente está se formando uma coalização PMDB-PSDB-DEM-MBL visando o poder após a queda de Dilma, que certamente vai acontecer. 
Se a justiça decidir que outra pessoa assume no lugar de Dilma, os principais na linha de sucessão são do PMDB e a coazliação garantiria que essa pessoa iria até o final do mandato.
Por outro lado, se a justiça decidir que haverá novas eleições, surge uma chapa encabeçada pelo PSDB com vice do PMDB.
A coalização também garantiria que nenhum dos políticos desses partidos envolvidos nos recentes casos de corrupção seriam condenados em processos políticos, dando a impressão de que a corrupção acabou com a queda de Dilma..
Seja como for, ficam duas certezas: 1) Dilma caindo acabam os protestos, seja quem for que assuma; 2) a próxima eleição para presidente terá uma chapa PSDB-PMDB.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.