quinta-feira, novembro 05, 2015

Correios em campanha contra a leitura

A modalidade impresso e registro módico foram criados para facilitar o envio de livros pelos Correios. Da mesma forma o registro módico. Mas agora muitas agências simplesmente estão se recusando a enviar impressos como impressos ou como registro módico. Entrei no site dos Correios e solicitei um esclarecimento a esse respeito. A resposta deles: livro não é carta, pois tem valor e, portanto, não pode ser enviado como impresso ou como registrado módico. E sugeriram enviar como encomenda (PAC), uma modalidade três vezes mais cara ou mais, dependendo da distância (em média o frete impresso de um livro sai pouco mais de 6 reais, o mesmo livro na modalidade PAC sai em média 20 reais).
Ou seja: os Correios resolveram acabar com o comércio de livros pela internet e com isso impedir que escritores independentes, que não conseguem entrar nas grandes redes de lojas, vendam seus livros diretamente para os leitores. 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.