quinta-feira, dezembro 15, 2016

Estilo de vida

A análise do estilo de vida do consumidor indica oportunidades de mercado e forma de conquistar esse público. Um mercadinho no Rio de Janeiro se viu ameaçado pela inauguração de um hipermercado nas proximidades. Mas, depois de uma pesquisa informal, descobriu que muitas pessoas do bairro eram solteiras, tinham vida corrida, usavam muito a internet e não gostavam de sair de casa para fazer compras. Assim, ele ofereceu um revolucionário serviço de entrega: a pessoa mandava a lista de compras pelo email e recebia em casa os produtos. Com isso, as vendas não só não caíram, como também aumentaram.
Um organizador de raves descobriu que seu público-alvo não gostava de assistir à televisão aberta e não ouvia rádio (pois preferia ouvir mp3). Com essa descoberta, duas formas de divulgação mais convencionais foram imediatamente eliminadas. A mesma pesquisa demonstrou que o cliente gostava de frequentar boates. Assim, foram feitas ações de guerrilha nas portas das boates, com distribuição de panfletos que davam direito a descontos na compra do ingresso para a rave. Surpreendentemente, 90% dos panfletos foram usados para compra do ingresso. Ou seja, um aproveitamento muito grande para uma estratégia promocional barata.

Também as características relativas ao uso do produto podem dar indicações valiosas de estratégias de marketing. O dono de uma banca de revista que percebe que o consumidor sempre compra revistas de negócios pode indicar outras revistas do mesmo gênero. 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.