segunda-feira, dezembro 12, 2016

Quadrinho com heróis brasileiros, "Pátria Armada: Visões de Guerra" reúne o trabalho de mais de 50 artistas e roteiristas


Publicação do Instituto HQ apresenta o Brasil em guerra civil, universo criado por Klebs Junior


Muitos anteciparam a compra de "Pátria Armada: Visões de Guerra" por meio da plataforma Catarse e, durante a Comic Com Experience 2016, puderam conferir em primeira mão as cerca de 40 histórias presentes nessa coletânea de luxo. Agora o Instituto HQ disponibiliza o título em livrarias de todo o país. Lembrando que “Visões de Guerra” é uma releitura da saga idealizada por Klebs Junior, graphic novel que garantiu o Prêmio HQMIX de ‘Melhor Minissérie’ em 2016.
Nomes como Zé do Caixão, Laudo Ferreira e Henrique Kipper estão entre os mais de 50 artistas convidados. É deles a missão de retratar, cada um em seu estilo e sob sua ótica, o Brasil imerso em uma Guerra Civil após a tentativa de golpe militar ao governo do então presidente João Goulart, em 1964, e após atentados com bombas químicas no estado de São Paulo, em 1972, ação terrorista que matou mais de meio milhão de pessoas, causando doenças genéticas e possibilitando o nascimento de brasileiros com superpoderes.
Com 188 páginas entre coloridas e em preto e branco, a coletânea “Pátria Armada: Visões de Guerra” traz aventuras para que aficionados por quadrinhos tenham ainda mais certeza de que é possível se extrair ótimas histórias a partir da cultura brasileira e, ainda, dar vida a personagens como a paulista Cristina Menezes, que tem controle aabsoluto sobre as feromônios do corpo, podendo causar qualquer sensação nas pessoas, desde ódio e medo a prazer.


LANÇAMENTO E SESSÃO DE AUTÓGRAFOS*
20 de dezembro, a partir das 19h
Livraria Cultura, no Conjunto Nacional
End.: Avenida Paulista, 2073 – Consolação
*Participação dos artistas (roteiristas e quadrinistas)


PÁTRIA ARMADA: VISÕES DE GUERRA

Formato: 17 x 26 cm
188 páginas
Preço: R$ 65,00
ISBN 9788569787075
Lançado em 2016

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.