segunda-feira, março 06, 2017

O que foi a república de Weimar?

A república de Weimar foi um governo democrático e progressista que se intalou na Alemanha após a I Guerra Mundial. Era um sistema parlamentarista em que o presidente da república nomeava um chanceler, que seria responsável pelo poder Executivo.
Quando a derrota na guerra se avizinhava, os militares e monarquistas entregaram o poder aos democratas, que seriam responsáveis pela república de Weimar. Muitos afirmam que foi um presente envenado, pois a situação após a guerra era desesperadora, com a Alemanha impedida de se desenvolver graças às reparações de guerra.
Entrentanto, a república de Weimar foi um campo fértil para o desenvolvimento cultural, especialmente garantido pela liberdade de expressão.
A alemanha viu nascer uma geração de artistas que revolucionaram campos como a música, a ópera, o teatro, o desenho, a literatura, as artes plásticas e o cinema.
Bertolt Brecht revolucionou o teatro ao propor um distanciamento crítico do público com relação ao espetáculo. Sua Ópera de três vinténs, com música de Kurt Weill, foi apresentada quatro mil vezes na Europa.
O expressionismo alemão se manifestou no cinema na forma de filmes que até hoje são clássicos, como Metrópolis, de Fritz Lang, O consultório do Dr. Caligari, de Robert Wiene, Emil e os detetives, de Billy Wilder e Nosferatu, de F. W. Murnau. Tais filmes mostavam o lado obscuro da alma humana, o que muito consideram uma antecipação do terror nazista.
A escola Bauhaus, liderada por Walter Gropius investiu no conceito de arte total, combinando pintura, escultura, desenhos de móveis e tecidos e influenciando não só a arte, mas também o design industrial.
Hitler considerava esse florescimento cultural um “liberalismo decante”. Sob seu governo, a arte moderna seria riscada da Alemanha. 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.