domingo, junho 17, 2018

Fanzine Ideias de Jeca-tatu



Ideias de Jeca-tatu foi um fanzine publicado por mim entre os anos de 1992 a 1996. Foi um dos primeiros fanzines brasileiros dedicados totalmente à literatura.
Ele nasceu como um espaço de experimentação, em especial nos primeiros números. Eu publicava a biografia de um autor, como Edgar Alan Poe e um conto meu no estilo daquele autor.
Posteriormente a publicação ganhou um formato mais livre.
A produção era completamente artesanal: eu datilografava os textos numa máquina Remington, depois diminuía o tamanho do texto na xerox. Depois recortava as colunas e colava na matriz.
As imagens eram retiradas de revistas e muitas vezes reproduzidas em xerox para eu ter uma ideia de como ficariam na reprodução. Em alguns casos eu precisava retocar com corretor. Títulos e números eram feitos com Letraset ou retirados de revistas. Um autêntico past-up (as novas gerações nem deve saber o que o termo significa).
Uma sessão fixa do zine era o Gládio do Gian no qual eu comentava os fanzines recebidos (como todo zine raiz, o Ideias não era vendido, era trocado por outros fanzines) com o texto todo escrito em aliteração.

Sem comentários:

Enviar um comentário