segunda-feira, maio 09, 2011

Thor

Fomos assistir Thor, filme de Kenneth Branagh baseado nos quadrinhos de Stan Lee e Jack Kirby. O filme se insere perfeitamente na nova onda de adaptações que respeitam o produto original. O roteiro lembra muito as primeiras histórias do deus nórdico (só tiraram o lance dele ser um médico aleijado que se transforma batendo um cajado, mas essa versão foi já havia sido colocada de lado já na fase Kirby-Lee) mostrando Thor transformado em humano como forma de punição por sua arrogância. Ou seja: é um roteiro bastante humano, no melhor estilo Stan Lee. Mas também uma história fantástica, com cenários exuberantes e deuses que são mostrados como deuses mesmo. Nesse sentido, o visual dos personagens, apesar de adaptados para os tempos atuais, lembra muito o trabalho de Kirby. O uso de ombreiras, por exemplo, ajuda a dar um inponente aos personagens, exatamente como Kirby fazia. 
Em outras palavras: os fãs de quadrinhos devem gostar do filme. Da mesma forma, quem não é fã, deve se interessar pelos quadrinhos(aí vai um conselho: leia ou as primeiras histórias ou Os Supremos, de Mark Millar, cuja versão ajudou a modernizar o personagem). Ah, e sempre é bom lembrar que os filmes da Marvel estão revolucionando os quadrinhos na tela ao colocar um link entre um filme e outro. Fiquem até o final e verão uma cena que remete ao futuro filme dos Vingadores...

Sem comentários:

Enviar um comentário