sexta-feira, junho 10, 2011

O Favorito e a decepção

Há muito tempo sou um cliente fiel do supermado Favorito. Sempre o citava em minhas  aulas de Marketing como exemplo e cheguei até mesmo a divulgar o estabelecimento aqui no blog. Sem ganhar nada, só por achar que o que é bom deve ser compartilhado.
Assim, foi uma decepção saber do resultado da inspeção da Vigilância Sanitária, que descobriu quase duas toneladas de alimentos fora do prazo de validade no estabelecimento, em especial na lanchonete e padaria. Segundo o blog da Alcinea Cavalcante (de onde tirei as fotos), quando um produto vencia era reaproveitado na padaria, na lanchonete, no restaurante: "os ingredientes dos pães, doces, biscoitos e outras guloseimas eram feitos com ingredientes cujos prazos de validade já estavam vencidos. Sim, gente. A manteiga, o trigo, o fermento, patês, geléias, queijos, presuntos, mortadelas e tudo o mais que deveria ir pro lixo por estar com prazo de validade  vencido era aproveitado na lanchonete".
Detalhe: a lanchonete do Favorito era uma das mais caras da cidade e quem comia lá, pagava mais justamente por acreditar que estava comprando produtos de qualidade. Na verdade, estava comprando produtos estragados, um risco à saúde.
Interditar é pouco, pois fazer isso é um crime contra a sociedade.
Conclusão: não vamos mais fazer compras no Favorito.
Em tempo: a fiscalização da Vigilância Sanitária tambem foi no supermercado Yamada e encontrou situação semelhante, com o agravante de ratos e baratas. Meia tonelada de alimentos estragados foi apreendida.  
Meu parabéns à Vigilância Sanitária e espero que essa fiscalização continue e se estenda a outros supermercados, panificadoras e lanchonetes da cidade.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.