sexta-feira, outubro 21, 2011

Falta de planejamento

Curitiba se tornou o que é hoje porque, na década de 1970, teve um prefeito, Jaime Lerner, que pensou a cidade para dali a 30 anos. Em Macapá, ao contrário, os governantes parecem pensar só no imediato e nunca no longo prazo.
Exemplo disso é a Avenida Claudomiro de Moraes, no bairro do Congós. Há pouco tempo foi feita uma urbanização, que está sendo continuada pelo atual prefeito. Mas o espaço para pista é mínimo. Tanto que, se um ônibus estiver passando, todos os carros são obrigados a ficar atrás, pois não há como ultrapassar sem entrar pela ciclovia. Em alguns horários isso já provoca pequenos engarrafamentos. Com o aumento do número de carros, o trânsito logo ficará estrangulado nessa avenida.
Pior é que tinha espaço. Não havia necessidade de fazer a parte central tão grande.
O resultado vamos ver daqui a alguns anos: algum prefeito será obrigado a destruir tudo para ampliar a pista, como está acontecendo agora em Belém em muitas avenidas.
Planejamento e caldo de galinha não fazem mal a ninguém.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.