quarta-feira, junho 06, 2012

Morreu Ray Bradbury

Morreu hoje, de causas não divulgadas, o escritor Ray Bradbury.
Nascido em 1920, Bradbury é um dos maiores autores de ficção científica de todos os tempos. Ficou famoso ao introduzir poesia na FC com livros como Crônicas Marcianas.
Em Fahrenheit 451, escrito em 1953, ele faz não só uma história sobre um mundo em que a leitura é proibida, como uma verdadeira homenagem aos livros. A obra deu origem a um belo filme de François Truffaut.
Bradbury é um dos meus escritores prediletos desde que li Crônicas Marcianas. Sua capacidade de unir prosa e poesia era única e influenciou até roteiristas de quadrinhos, como Neil Gaiman. Aliás, Bradbury chegou a escrever quadrinhos, para a revolucionária editora EC Comics.
Para lembrar esse grande escritor que se vai, selecionei alguns textos publicados nesse blog que falam dele:
Experiências e livros 
As melhores distopias 
Fahrenheit 451
Os 10 melhores livros 
Fahrenheit 451 - o filme 
O Big Brother e as mulheres de palha

Sem comentários:

Enviar um comentário