quinta-feira, janeiro 17, 2013

Bravura indômita

Bravura indômita é um filme de faroeste de 1969 dirigido por . Conta a história de uma garota, Mattie Ross (Kim Darby), que tem o pai assassinado e contrata um ranger "Rooster" Cogburn (John Wayne), para prender o assassino de seu pai. Junta-se ao grupo um policial texano que quer pegar o mesmo homem por ter matado um Senador. 
O filme tem uma direção simples, convencional, com um bom uso da trilha sonora e nada mais. A força está no roteiro, baseado no livro de Charles Portis.  Nele, a trama é concentrada e a tensão aumenta a cada take, não só pela perseguição, mas principalmente pela relação entre o trio. Mattie é uma personagem cativante, com seu autoritarismo sem sentido, sua cabeça dura e seu tato para os negócios. Assim como o ranger corajoso, mas beberrão. Aliás, é justamente a garota que cria o equilíbrio perfeito entre o grupo, evitando que o ranger e o policial se matem. 
Dizem que Hathaway suavizou a história original, diminuindo a crítica aos cowboys e que os irmãos Cohen destacaram exatamente esse ponto na sua refilmagem de 2010. Fiquei curioso para assistir.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.