quarta-feira, julho 16, 2014

11 fatos sinistros sobre o desastre e os sobreviventes de Hiroshima

No dia 6 de agosto de 1945, os aviadores do exército americano lançaram a bomba atômica sobre a cidade japonesa de Hiroshima, que foi arrasada pela gigantesca explosão, matando milhares de pessoas. Três dias depois, em 9 de agosto, foi a vez de Nagasaki ser assolada por outra bomba.
Para refrescar um pouco a memória, vale lembra que a bomba de Hiroshima era uma arma de fissão de tipo balístico com 60 quilos de urânio-235. Ela foi lançada pelo avião Enola Gay às 8h15 da manhã daquele dia, explodindo a cerca de 600 metros do solo.
Um pouco da história do acontecimento em Hiroshima está em exposição permanente na própria cidade, no Museu Memorial da Paz. É de lá quem vem algumas descrições, objetos e fatos sinistros sobre o grande desastre e os sobreviventes da tragédia.
Para fins de esclarecimento, no decorrer desse artigo (em alguns itens), são utilizados os termos “epicentro” e “hipocentro”. A diferença entre eles é que o hipocentro de uma explosão é o ponto exato de onde ela se originou (de onde a energia acumulada foi liberada), enquanto o epicentro é a manifestação dela na superfície. Leia mais

Sem comentários:

Enviar um comentário