domingo, setembro 11, 2016

A tal ideologia de gênero...

Uma das principais justificativas para a criação da lei Escola sem partido é a tal ideologia de gênero. 

99,9% dos professores não sabe e não tem a menor intenção de saber o que é essa tal de ideologia de gênero. 
Mas o Brasil e especialmente os professores viraram reféns de dois grupos radicais, um a favor e um contra a ideologia de gênero, ambos apoiados por políticos que têm interesse em piorar a educação brasileira para facilitar a manipulação. 

E essa tal de ideologia de gênero tem sido usada para justificar todo tipo de absurdo, de tratar professor como bandido a aprovar uma lei generalista e denuncista que vai permitir demissões em massa de professores concursados (e que é tão manipuladora que permite partidos políticos fazerem campanha dentro das escolas).

Se esses dois grupelhos de radicais morresse não fariam a menor falta e os educadores receberiam a notícia com um suspiro de alívio porque, finalmente, se começaria a discutir os problemas reais da educação brasileira, como a total falta de estrutura das escolas, as turmas lotadas, professores ganhando menos que um salário mínimo, o déficit de mais de 170 mil professores etc.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.