sábado, março 18, 2017

É verdade que Hitler era vegetariano?

Vários historiadores afirmam que sim. Janet Barkas, no livro "The Vegetable Passion" (A Paixão Vegetal) e Colin Spencer no livro "The Heretics Feast" (O Banquete dos  Heréticos), apóiam essa idéia. Sabe-se que Hitler foi colocado sob dieta vegetariana pelos médicos como uma tentativa de curar sua flatulência e outros problemas estomacais.
Entrentato, biógrafos do ditador, como Albert Speer, Robert Payne, John Toland, e outros falam da preferência de Hitler pelas salsichas de presunto e carnes defumadas.
Dione Lucas era diretamente responsável pela cozinha de Hitler em Hamburgo no final da década de 1930. E ela afirma, no Livro das receitas da escola de culinária fina, que o prato favorito do Fuhrer era squab recheado (um prato feito com filhote de pombo domésticado): "Eu não pretendo diminuir seu apetite pelo Squab recheado, mas você pode se interessar em saber que ele era um prato favorito do Sr. Hitler, que jantava no hotel frequentemente." .
Apesar da dieta proposta pelos médicos,  a maioria dos autores diz que Hitler os tapeava comendo carne de tempos em tempos. Aparentemente, a fama de que ele era um vegetariano convicto se deve a Goebbels, ministro da propaganda, que percebeu aí uma oportunidade de mostrá-lo como santo.

Idependente de ser vegetariano ou não, sabe-se que ele adorava doces, se empanturrava de chocolate e comia porções enormes de bolo. 

Sem comentários:

Enviar um comentário