terça-feira, maio 23, 2017

O uivo da górgona - parte 60


60
- Ela é linda. – comentou Alan, enquanto iam para a farmácia.
- Shhhiii. – fez Edgar. Tinha acabado de conhecer a garota. A última coisa que queria é que ela se sentisse de algum modo constrangida. Mas, de fato, era obrigado a concordar com Alan. Ela era bonita. De um jeito peculiar – ela parecia estranha, com seus cabelos desgrenhados escondendo o rosto como se tivesse medo de todos e o usasse como uma espécie de escudo – mas era bonita.
Quando entraram na farmácia, encontraram Sofia já estava recobrada, no colo de Zu. Abrira os olhos e sorriu ao ver o professor. Havia uma fileira de pontos pretos em seu pescoço e ela parecia fraca, mas fora isso não parecia haver nada de errado com a menina.
- Essa é a pessoa que estava nos observando. – disse Edgar. Seu nome é Daniela, mas podem chamá-la de Dani.
Dani foi cumprimentada por todos. Tinham se sentado no chão da farmácia e Alan trouxeram alguns sucos, barras de cereais e chocolates.
Edgar fez um resumo do que haviam passado até ali. A garota ouvia e mastigava uma barra de Twix.
- É isso. – concluiu Edgar, após contar até o momento em que haviam entrado no shopping. Agora queremos saber de você. Quem é você,  como chegou aqui.
A menina pigarreou, tímida, como fosse difícil falar sobre si mesma.

Então começou. 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.