segunda-feira, julho 31, 2017

É verdade que o mascote dos soldados nazistas era um judeu?


Sim, o menino que era usado em filmes de propaganda e era chamado de o nazista mais jovem do III Reich, era, na verdade, um órfão judeu.
Ilya Galperin era um menino judeu que teve toda a sua família morta pela SS durante a invasão da Bielorússia.
O menino, de apenas cinco anos, viu todos os homens do local serem enfileirados e mortos. “Eu não queria morrer, então no meio da noite eu tentei escapar. Dei um beijo na minha mãe e corri para as colinas ao redor da vila.”. se não fosse isso, teria morrido junto com sua mãe e seus irmãos. Ele ficou lá na floresta, escondido, até que os tiros parassem, então tentou buscar ajuda.
Ele batia nas portas das pessoas, implorando por ajuda. Elas lhe davam pão, mas o mandavam embora.
Ilya Galperin passou nove meses na floresta, até ser denunciado por um homem à SS e levado para um local de execuções.
Ele então se aproximou de um soldado e lhe disse: “Antes de me matar, poderia me dar um pedaço de pão?”. O soldado o levou para trás de um prédio. “Você é judeu e isso não é bom”, afirmou o soldado. “Eu não quero te matar, mas se eu te deixar aqui, você vai morrer. Vou te levar comigo, te dar um novo nome e dizer aos outros que você é um órfão russo”.
A solidariedade daquele sargento alemão, Jekabs Kulis, não só salvou o menino, como lhe deu um destino totalmente imprevisto. Como tinha todas as características de um garoto ariano, o menino, rebatizado de Alex Kurzem, tornou-se um símbolo da juventude nazista.
Eles lhe deram um uniforme, uma pequena arma e uma pistola. A função do garoto era fazer pequenos serviços, como pegar água, mas seu principal trabalho era manter elevado o moral as tropas.
Ele protagonizava filmes de propaganda e era até usado para atrair judeus para a morte. Nas estações de trem que levavam os judeus para a morte, Alex distribuía chocolate para fazê-los entrar nos vagões.
Quando a guerra estava perto do fim, ele foi entregue a uma família da Letônia. Depois foi para a Austrália, onde manteve seu passado em absoluto segredo.
Em 1997, ele decidiu revelar o segredo para sua família e começou uma jornada para descobrir mais sobre seu passado com o filho, Mark. Depois de visitarem a vila onde ele nasceu, eles descobriram que seu nome verdadeiro era Ilya Galperin e recuperaram um filme no arquivo da Letônia em que Alex aparecia com uniforme completo da SS.


Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.