quinta-feira, julho 06, 2017

Quem era Rudolf Hoss?


Rudolf Hoss foi o chefe do campo de extermínio de  Auschwitz-Birkenau, um dos mais terríveis instalados pelos nazistas e onde morreram pelo menos um milhão de pessoas.
Hoss nasceu na cidade de Baden-Baden, na Alemanha. Lutou na I Guerra Mundial, tendo recebido a cruz de ferro por sua participação no conflito.
Em 1922 filiou-se ao partido nazista.
Em 1934 entrou para a SS, a terrível polícia política nazi, mais especificamente na Unidade Caveira. .
Em 1935, foi transferido para o campo de concentração de Dachau, onde se destacou graças ao seus senso de responsabilidade. Depois tornou-se ajudante do chefe do campo de Sachsenhausen. Em 1939-1940, depois de aliar-se à Waffen SS, tornou-se comandante em Auschwitz, onde organizou a solução final e ficou amigo do médico Josef Mengele.
Lá ele chegou a testar ácido sulfúrico como forma de matar judeus, mas acabou se decidindo pelo pesticida Zyklon-B, um cianeto super-poderoso e tão mortal para os seres humanos que acabou substituindo métodos antigos, como o gás carbônico usado em outros campos.

Hoss foi capturado pelos birtânicos em 11 de março de 1945. Em 2 de abril de 1947, foi sentenciado à morte por enforcamento. A sentença foi executada no dia 16 de abril do mesmo ano, na entrada do que outrora fora o crematório do campo de concentração Auschwitz I.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.