domingo, abril 08, 2012

Resenha de PsyVamp

O blog Tribo do Livro publicou uma resenha sobre a antologia PsyVamp, da editora Infinitum. O resenhista destaca, entre outros textos, o meu conto "Canção de terror". Leia abaixo parte da resenha. Para ler toda, clique aqui.


Resenha por Gio Vaz
PsyVamp é uma antologia de 12 contos de diversos autores, em sua maioria, jovens e que utilizam linguagem para jovens. A ideia de coletânea tem vantagens e desvantagens. Como vantagens, temos a divulgação de novos autores. Além disso, tive o “contato” com esse ser, o Psyvamp. Diferentes dos vampiros convencionais, drenam a força vital dos seres humanos. Alguns se alimentam através do sexo, outros da dor e sofrimento, uns até de sonhos ou pensamentos. Como desvantagem, cito o esgotamento do tema. Alguns contos perdem parte do encanto e do elemento surpresa por estar numa sequência de um mesmo assunto. Apesar de histórias e abordagens diferentes, a sedução, a caça, a necessidade pelo alimento acabam estando presentes em muitos dos contos.

Dos doze contos, quatro me chamaram atenção e os cito a seguir. Muitos dos contos são narrados através da visão do próprio Psyvamp ou de sua vítima, já “Canção de terror”, de Gian Danton, é contado em forma de reportagens. A cada novo recorte de notícia, a história vai se formando como atualizações de uma investigação.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.