segunda-feira, dezembro 19, 2016

Ponto de venda: shopping

Os locais tradicionais para abrir um ponto de venda são: shoppings, centro da cidade, bairros e de localização individual. Antes de escolher entre um desses ambientes, é necessário conhecer bem seu próprio negócio. Feito isso, é bom conhecer também um pouco de cada um dos pontos levados em consideração.
Os shoppings centers são ambientes, tanto fechados como abertos, que tendem a simular uma cidade. Na realidade, é uma microcidade. O seu maior diferencial é que reúne diversas atrações que convidam o público a frequentá-lo, mas o aluguel é caro. Compensará se o tipo de produto oferecido for destinado a esse consumidor exclusivista. É necessário, mesmo estando dentro de um shopping, analisar os concorrentes próximos visto que, teoricamente, todos os transeuntes estão propensos a comprar algo. Assim, a boa apresentação do PDV é indispensável para chamar a atenção do possível cliente.
Nos centros urbanos é um pouco diferente. Mesmo havendo a concorrência direta de outros pontos, há vários ruídos que podem atrapalhar um PDV. Placas, sons, pessoas entregando panfletos, tudo isso influencia no comportamento do possível cliente. Esses, quando procuram lojas no centro, geralmente são consumidores que buscam praticidade e rapidez, pois fazem suas compras nos intervalos do trabalho. O centro é caracterizado também pela predominância de pessoas de média a baixa renda. Os melhores locais no centro são os próximos das paradas de ônibus e de estacionamentos particulares.
Nos bairros, os consumidores procuram lazer e têm mais tempo para a escolha. Os melhores locais, portanto, são aqueles que contam com variedade no transporte coletivo.

Já a localização individual possui aluguéis mais baratos, porém é necessário um elevado investimento em publicidade para atrair os consumidores. A localização individual é preferível para as lojas especializadas. É o caso das pet shops, dos sex shops e das lojas para surfistas. São estabelecimentos que o consumidor já procura com o produto em mente. 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.