segunda-feira, fevereiro 20, 2017

É verdade que Hitler se mostrou covarde na I Guerra Mundial?

Não é verdade. Quando ele começou a se tornar um líder político famoso, alguns de seus adversário tentaram usar isso contra ele, mas logo descobriram que ele foi um soldado exemplar durante a guerra.
Nos quatro primeiros anos do conflito ele foi condecorado duas vezes com a cruz de ferro por sua coragem e dedicação. Apesar disso, só conseguiu ser promovido a cabo por causa do elitismo do exército germânico.
Hitler foi designado para uma das tarefas mais perigosas: levar e trazer mensagens da frente de batalha. Por causa disso, ele sempre estava exposto na linha de fogo e, mais de uma vez, salvou a si mesmo e aos colegas com sua dedicação.
Ele lutava com fervor, pois acreditava piamente na causa alemã.
Em 1916, foi ferido na perna e enviado de volta para a Alemanha. Lá ele viu os grupos pacifistas, a maioria composta de marxistas, e essa experiência o faria, posteriormente, afirmar que a Alemanha havia perdido a guerra por causa dos traidores internos.

Em 1918 ele foi intoxicado por gás e ficou temporariamente cego. Só recuperou a visão no dia 9 de novembro, dois dias antes do fim da guerra.  

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.