domingo, fevereiro 26, 2017

O que foi o Tratado de Versalhes?

O Tratado de Versales foi a rendição alemã, assinada após a I Guerra Mundial, em 1919. Os vitoriosos se dividiram quanto aos termos do tratado. A Inglaterra e os EUA queriam que a Alemanha continuasse um país capitalista para impedir o avanço do comunismo. Mas a França faz exigências que mergulhariam o país numa crise que desembocaria no nazismo.
O Tratado atribuía à Alemanha a responsabilidade pela guerra. Foram retirados oito partes de seu território, fazendo com que também sua população tivesse uma diminuição considerável. Todas as colônias alemãs ficaram com a Inglaterra e a França. Pelas clásulas do tratado, a Alemanha só poderia ter um exército de 100 mil homens, e apenas para auto-defesa.
O país não poderia construir tanques, submarinos ou aviões, e deveria desativar completamente sua indústria bélica. O comando militar foi destroçado com a proibição de existência de uma escola de guerra.
Mas os principais resultados negativos do Tratado se deram no campo econômico. As indenizações a ser pagas por esse país aos vencedores corroiam a economia nacional. O país mergulhou numa crise violenta, com inflação galopante.
O Tratado, embora fosse severo em regras, tinha a falha de não apresentar mecanismos para o cumprimento dessas regras. Isso deu margem ao ressurgimento do nacionalismo, que agora ressurgia radical e racista, pautado no ódio aos judeus e comunistas, vistos como responsáveis pela derrota na guerra.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.