quinta-feira, março 23, 2017

O que era a SA?

SA era a abreviatura da Sturmabteilung (Divisão de assalto), grupo paramilitar fundado por Hitler em 1921. A SA também era chamada de Tropa de assalto, ou camisas pretas.
Os primeiros membros da SA foram recrutados nas corporações livres, grupos armados, na maioria compostos por ex-soldados, que combatiam esquerdistas nas ruas da Alemanha pós-guerra.
A organização era nitidamente inspirada nos camisas pretas, grupos chefiados por Mussolini na Itália.
A SA protegia as reuniões do partido, marchava em comícios nazistas e batia em oponentes políticos, especificamente comunistas, aos gritos de “Morte à escória vermelha!”.
Depois do fracasso putsch da cervejaria, a SA se dispersou, mas foi reorganizada por Hitler, com a liderança de Ernest Rohm.
Rohm tinha o sonho de transformar a SA na principal força militar da Alemanha. Conseguindo membros entre ex-militares e desempregados, a organização cresceu até chegar a ter, quando Hitler chegou ao poder, dois milhões de membros, vinte vezes mais que o exército regular do país.

A SA foi importante por suas ações de intimidação violenta e perseguição a inimigos e judeus e sua atuação foi fundamental para a ascensão do nazismo. Mas seu gigantismo foi seu fim. Transformado em chanceler, Hitler percebeu que tinha em Rohm um adversário político capaz de efetuar um golpe de estado e arquitetou o fim da SA na operação chamada de “a noite das longas adagas”. 

Sem comentários:

Enviar um comentário