quinta-feira, junho 29, 2017

Por que as testemunhas de Jeová foram perseguidos pelos nazistas?



Estima-se que cerca de 2.500 testemunhas de Jeová tenham perecido em campos de concentração.
A razão disso era política. Os testemunhas de Jeová pregavam a neutraldiade política e militar. Assim, eles não apoiavam o nazismo e se negaram a pegar em armas quando se iniciou a guerra. Segundo alguns autores, eles teriam denunciado também a perseguição aos judeus.
Em 12 de dezembro de 1936, em uma hora as Testemunhas de Jeová distribíram secretamente, em toda a Alemanha, 200.000 exemplares da Resolução de Lucerna, um protesto contra as atrocidades nazistas.
A resposta do regime não tardou.
A religião foi proibida e milhares de Testemunha foram lançadas em campos de concentração.
Nos campos, eles eram indentificados por triângulos roxos. Ao contrário de outros prisioneiros, como os ciganos, homossexuais e judeus, as Testemunhas de Jeová podiam sair dos campos de concentração, desde que renunciassem à sua fé assinando um documento. No entanto, pouco o fizeram.

O Museu do Holocausto, em Washington (DC), existe uma seção reservada às Testemunhas de Jeová, com centenas de relatos de sobreviventes contando as crueldades sofridas.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.